quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Maktub.

Estou sem sono.
Estava refletindo como acho bonito quando o amor vence.
Talvez nunca tenha passado por isso, então admiro quem consiga superar tudo com amor.
Aliás, ando reflexiva com tudo, absolutamente tudo.
Um turbilhão de coisas vem acontecendo desde o ano passado, talvez seja isso que ande mexendo com o meu psicologico.
Parece que nada esta me agradando.
Era pra estar.
Acho que tudo que desejei pro ano de 2014 esta aqui; exceto uma.
E ai eu me pergunto, por causa de uma unica coisa, o resto perde a graça?
Acho que a resposta é sim.
Isso me assusta as vezes.
Dizem que se você sonha demais com algo esta perto de esquecer.
Assim eu espero.
Estou cansada de sonhar todos os dias com esse "exceto", exceto esse que sempre esteve aqui e agora que não esta mais me sinto... vazia.
Eh um misto de.. nem eu sei explicar.
Eh como se o passado não estivesse bom, mas a falta dele no presente também não deixa nada bem, nada intacto. Acho que superar eh fácil, difícil eh apagar as cicatrizes de uma historia, as marcas que ela deixa por toda a vida.
Eh como se tudo girasse em torno de, ou fizesse lembrar.
Dentro de mim ainda esta igual.
E não encontro a saida.
Não sei o que fazer na realidade.
Tudo que fiz pra tentar melhorar já esta aqui diante dos meus olhos.
Mas a felicidade ainda me parece um mito.
Realmente, a felicidade não está ao alcance das mãos, e sim na plenitude da alma. No que parece louco para as pessoas, mas na medida para você.
E 2014 esta baseado nessa busca.
Para que ela não se torne um mito e sim uma consequência.
Afinal, todos estão aqui pra ser felizes.
Espero poder conseguir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário